As três mesas da Missa – Pe. Augusto C. Pereira

R$12,00

A missa celebra os três serviços da missão da Igreja. São os ministérios/serviços que constituem a natureza da Igreja: o ministério profético da Palavra e do testemunho, o ministério/serviço da Liturgia e o ministério/serviço da caridade. Isto é, a Igreja foi fundada por Cristo para corresponder à sua missão de servir.

Comparar
REF: 008429 Categoria: Tags: , , , , ,
Apresentação

Descrição

As três mesas da Missa

A missa celebra os três serviços da missão da Igreja. As três mesas da missa, são os ministérios/serviços que constituem a natureza da Igreja: o ministério profético da Palavra e do testemunho, o ministério/serviço da Liturgia e o ministério/serviço da caridade.

Isto é, a Igreja foi fundada por Cristo para corresponder à sua missão de servir.

Na missa, a Igreja/comunidade celebra os três serviços da missão na igreja nas três mesas:
1. Pelo serviço da Palavra, a Igreja convoca a comunidade de fé para o discernimento e celebra a ratificação do compromisso da comunidade com os termos da Aliança.
2. Pelo serviço da Liturgia, a Igreja faz a celebração litúrgica da ratificação da Aliança no pão e principalmente no vinho. E celebra a graça nos demais sacramentos.
3. Pelo serviço da Caridade, a Igreja celebra e assume a missão do Amor pela ação transformadora, a fim de criar vida plena para todos.

Liturgia é uma palavra de origem grega que significa uma ação de serviço. É o serviço solidário de Jesus Cristo em favor da humanidade.

O serviço de Jesus à humanidade é a entrega do espírito pela salvação de todos.

A Missa atualiza “a Liturgia” de Jesus Cristo em atenção ao que ele próprio mandou que se fizesse em sua memória: “Fazei isto em memória de mim” (Lc 22,19). “Isto” o quê? A entrega da minha própria vida pelos irmãos como fez Jesus.

A Liturgia é também ação/serviço do povo de Deus reunido em Assembleia Litúrgica.

É a ação de Deus em nós pela ação da Igreja/comunidade na sua missão de continuadora da “obra da salvação” (cf. SC 5-7).
O serviço de salvação foi simbolizado pelo Lava-pés. Jesus usou um avental que é a veste de quem vai trabalhar. Trata-se exatamente disto: o Lava-pés simboliza o trabalho, o serviço.
Na ordenação sacerdotal, o padre recebe a ordem e a autorização da Igreja para presidir a celebração. Ele foi ungido como Cristo para servir (Mc 10,45; Lc 22,27; Mc 10,42-44; Gl 5,13).
O padre é o membro da comunidade que preside a celebração da Missa executando seu serviço próprio. Outros da comunidade exercem serviços como, entre tantos, os leitores e os cantores.
O serviço próprio do sacramento da Ordem é o mesmo dado à Igreja, a tríplice missão, os três serviços essenciais: servir ao povo a Palavra, ministrar os sacramentos pela Litur-gia e o serviço da Caridade para com os pobres (DAp 386).
Impelido pelo Amor do Evangelho, o padre presta-se ao serviço de animar a Comunidade de Fé para comprometer-se com a missão da Igreja como agente da transformação pessoal, comunitária e social para a construção Reino de Deus no mundo.
A veste-símbolo do serviço do presidente da celebração é o avental que Jesus usou, hoje apresentado na forma da estola.
O padre é o Cristo do Lava-pés!

140 páginas
14x21cm

Conheça também – Missa, mil motivos para amá-la

Missa

Informação adicional

Peso 0.180 kg
Dimensões 14 × 21 × 1 cm